Back Amazonas Polícia Mais um escândalo na PM-AM: tenente flagrado fazendo sexo oral em carro

Mais um escândalo na PM-AM: tenente flagrado fazendo sexo oral em carro

  • PDF

  • 404 Not Found
  • Not Found

01pmsexororalA Polícia Militar do Amazonas decidiu abrir um procedimento administrativo para apurar a conduta do tenente D.M, da 8ª Cicom, que aparece com fardamento social dentro de um carro com o pênis de fora e uma pessoa, não identificada, fazendo sexo oral com ele. As fotos estão circulando no aplicativo de celular whatsapp e ganharam a rede mundial de computadores nas últimas horas.

O comandante da Polícia Militar, coronel Almir David, disse assim que tomou conhecimento das fotografias determinou que um procedimento fosse aberto para verificar a conduta do militar, que está de férias mas foi convocado a comparecer imediatamente ao Comando Geral.
Há dez anos que a PM deixou de fazer a chamada investigação social dos que pretendiam ingressar como soldado ou oficial na corporação. A justiça entendeu que havia dicriminação nesse procedimento, mas era o principal mecanismo de triagem, eliminando os que apresentavam na vida partular má conduta.
01pmgarotasnuas
Fotos eróticas com acessórios da PM

Após denúncias recebidas de leitores do Portal D24AM com fotos eróticas de mulheres usando acessórios de policiais militares, a Corregedoria Geral do Sistema de Segurança Pública (SSP-AM), através de sua assessoria, informou que vai procurar identificar os responsáveis e instaurar procedimento investigativo.
Nas fotos, as mulheres exibiam acessórios identificando a 20º, 23º e 24º Companhias Interativas Comunitárias (Cicom) que atendem respectivamente as áreas do Parque São Pedro, na zona norte, do Parque Dez, zona centro-sul, e o Centro de Manaus.
O tenente-coronel da Polícia Militar Denildo Brilhante informou que, as denúncias já chegaram no setor de Justiça e Disciplina da secretaria e ressaltou que serão apuradas. O Portal D24AM encaminhou as fotos recebidas para a Corregedoria Geral do SSP-AM.
O comandante da Polícia Militar no Amazonas, Almir David, anunciou que solicitará apoio da Polícia Federal para identificar o computador, de onde foram enviadas as fotos.
"Estamos procurando identificar. Fui pessoalmente à Polícia Federal para tentar rastrear o IP de onde foi postada a foto. Trabalhamos com duas hipóteses: uma de terem comprado esses acessórios, que podem ser encontrado facilmente, e outra de realmente os policiais terem fornecido. Estamos abrangendo as informações e em 3 ou 4 dias pretendemos identificar os responsáveis".
Ele acrescentou que após a identificação dos envolvidos, se caso da Polícia Militar, serão expulsos da corporação. "Nossa ideia é presar pela ética da instituição. Não vamos deixar que situações como esta denigra a imagem que a PM tem e deixar cair o que foi conquistado com muito esforço. Essas pequenas situações mancham a imagem e não representam a instituição. Nossa ideia é aplicar a maior punição possível inclusive expulsão dos praças identificados da PM, pois ferem a honra e a ética", disse o comandante.
Ronda no Bairro
No fim do mês passado, houve um caso semelhante em relação a fotos divulgadas nas redes sociais com garotas usando equipamento policial de forma irregular. Na ocasião, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) anunciou que os soldados da Polícia Militar Ivan Coutinho Vieira, Eliezer Braga Coelho e Fagner Félix Saraiva foram apontados como os policiais envolvidos.
A foto no caso mostrava três jovens pegando ‘carona’ em uma viatura do Ronda no Bairro. Os soldados envolvidos em foto de garotas em viatura responderão sindicância.
01pmgarotasviatura
Garotas em viatura do Ronda no Bairro

A equipe de inteligência da Polícia Militar (PM) está investigando em que circunstâncias uma foto onde quatro pessoas aparecem dentro de uma viatura do programa Ronda no Bairro foi tirada. A imagem está sendo compartilhada no Facebook desde o último fim de semana.
O D24AM recebeu a imagem por email de um leitor que preferiu não ter o nome divulgado. Segundo ele, a viatura pertence à 21º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e possui a numeração 0005. No entanto, o comandante da corporação, coronel Almir David, disse que a única informação concreta é a de que a viatura estava no bairro do Alvorada, zona oeste de Manaus.
Na foto, é possível identificar nitidamente uma moça sentada no banco da frente ao lado do motorista, que pelo fardamento indica que é um policial militar. No banco traseiro há outras três pessoas. Duas delas são mulheres.
Almir David informou ainda que as câmeras que estão instaladas nas viaturas estão sendo utilizadas na tentativa de identificar os patrulheiros e a própria viatura. "Estamos trabalhando rápido para que possamos punir quem expôs a imagem da corporação", destacou.
De acordo com o coronel, a identificação do bairro em que a viatura estava e o turno já facilita o trabalho de investigação já que, segundo ele, por turno cerca de 200 viaturas são colocadas nas ruas com 700 policiais.
Almir David explicou ainda que uma sindicância já foi aberta e que assim que forem identificados, os policiais militares deverão ser ouvidos e uma punição aplicada. O comandante explicou que ainda não é possível definir o tipo de punição, pois ainda está sendo apurado se houve transgressão disciplinar militar ou crime.
Essa não foi a primeira vez que uma viatura do Ronda no Bairro foi flagrada sendo utilizada para outros fins. Em agosto de 2012, a viatura 250621, de uso da 7ª Companhia Interativa Comunitária (7ª CICOM), foi flagrada dando carona para uma mulher com sacolas de compras na saída de um mercado na rua Adalberto Vale, Betânia, zona sul de Manaus. As imagens foram registradas por volta das 15h de sábado.
Sobre a conduta dos policiais, o comandante disse que durante a formação para atuarem no programa os policiais receberam um treinamento específico sobre ética. "Nos preocupamos em deixar isso claro para eles, mas temos uma média de 1400 policiais nas ruas todos os dias e alguns acabam desrespeitando nosso código", reforçou.

Fontes: d24am.com e portaldoholanda.com.br