Back Política Humaitá Eleição para mesa da Câmara de Vereadores movimenta o cenário político

Eleição para mesa da Câmara de Vereadores movimenta o cenário político

  • PDF

  • 404 Not Found
  • Not Found

Estão intensas as articulações para a escolha do novo presidente da Câmara de Vereadores de Humaitá. Passadas as eleições os grupos políticos voltaram suas atenções para definir quem presidirá o parlamento municipal.

As expectativas são bem diferentes. De um lado está o grupo de vereadores eleitos ligados ao prefeito Dedei Lobo, que já deixou claro que o seu candidato na disputa é Rademacker Chaves, que já presidiu o parlamento uma vez. 
Do outro, estão os vereadores eleitos pela oposição e alguns da situação que embora publicamente não confirmem tais declarações, nos bastidores dizem que não estão dispostos a apoiar o retorno de Rademacker Chaves ao comando da Câmara, além do vereador Ben-ti-vi que vive um momento de relações difíceis com o atual prefeito.
Em um primeiro encontro do grupo dos oito eleitos pela situação, que contou com presença do prefeito, o nome de Rademacker Chaves foi apresentado como possível candidato. Na oportunidade, os nomes dos vereadores Paizinho, Ray e Samuel da Colônia também foram citados como possíveis candidatos.
Não podemos esquecer que, Dedei Lobo tem os seus interesses e projetos políticos, e, portanto, vai trabalhar para que o nome escolhido seja de alguém de sua inteira confiança e principalmente, que possa ajudar na sua árdua missão de ter a maioria na Câmara de Vereadores, o que não foi fácil quando eram cinco, imagine neste novo contexto, que serão oito parlamentares.
Para o vereador Riça Júnior, reeleito depois de oito anos sem mandato, é importante que todos os colegas interessados em concorrer, possam se manifestar e defender sua posição. “Eu não tenho pretensão de concorrer à presidência e vou apoiar um colega do nosso grupo político”, ressaltou.
Para o vereador, as discussões estão no inicio e ainda é muito cedo para dizer quem vai ser o candidato. Tudo está muito indefinido e por entender que na política a discussão tem que ir até a última instância, vou ouvir todos, para poder tomar uma decisão.
“O processo é muito dinâmico, por isso é importante queimar todas as etapas. O grupo não vai rachar isso já é consenso no grupo”, garante Riça Junior.
Sobre a continuidade do vereador Ben-ti-vi no grupo, Riça Júnior acredita que a tendência é que ele continue, pois, ele é alguém que deseja o melhor para o município. Se os problemas ocorreram, eles serão resolvidos.
BOX
Internautas opinam
Ao opinar sobre quem deve ser o novo presidente da Câmara de Vereadores de Humaitá, 68,4% dos internautas que deixaram a sua opinião, através de enquete no site www.folhadamangaba.com disseram que o vereador mais votado, no caso Samuel da Colônia, deve ocupar o cargo. 38,2% não concordam com a sugestão.

Redação:www.folhadamangaba.com